Você está em - Notícias
CASAMENTO COMUNITÁRIO E PASTORAL FAMILIAR FORAM OS DESTAQUES DO FIM DE SEMANA.

O fim de semana foi emocionante. Aconteceu no sábado, segunda noite do novenário, o casamento comunitário. A celebração foi presidida pelo Pe. Marcone. Ele é filho desta comunidade, vigário paroquial e também é responsável pelas capelas de São José (Cidade Nova) e de Nossa Senhora da Conceição (Nova Cidade). Para Pe. Marcone, vivenciar a Festa da Padroeira a cada ano é sinal de união para uma única família, reunida na Santíssima Trindade.

O casamento comunitário contou com a participação de seis casais que disseram sim ao matrimônio. A marcha nupcial anunciava a procissão de entrada dos noivos, noivas e seus respectivos padrinhos e madrinhas. São casais da comunidade da Cidade da Esperança e de bairros vizinhos, que fizeram questão de participar da Festa de Nossa Senhora da Esperança, num momento de grande alegria para a vida de cada um deles, que estiveram no ultimo final de semana no curso de noivos, que faz parte do protocolo.

A tradição de realizar o casamento comunitário vem sendo mantida através do trabalho evangelizador da Pastoral Familiar. Para o casal Erivaneide e Francisco Melo, coordenadores da pastoral, aproximadamente 50 pessoas entre casais e no momento poucos jovens, possuem um calendário anual de jornadas e preparações.

As reuniões da pastoral são realizadas no salão paroquial, sempre na 2ª sexta-feira de cada mês, as 19:30h. Uma das metas para este ano, será atrair mais jovens a ingressar na pastoral. Isso servirá para mostrar a importância da união familiar dentro e fora da igreja. Ainda segundo Francisco, “atuar na pastoral familiar é ajudar o irmão a aproximar-se de Deus. E fazer com que as famílias e principalmente os casais conheçam ao Pai”. E completou: “é despertado em noivos e noivas a real importância e o significado do matrimônio. Durante as nossas jornadas que faz parte do curso de noivos, há quem desista do casório, após perceber a dimensão da responsabilidade após o SIM".

No coreto, dois artistas locais se apresentaram para o público presente. Raniery e Alvamar Bom Ki Só relembraram grandes sucessos da música popular brasileira.

Já no domingo, o celebrante de terceira noite do novenário foi Pe. Silvio, da Paróquia de Santa Maria Mãe, de Santa Catarina, zona norte de Natal. Dentre os noiteiros, estiveram o Grupo de Coroinhas São Tarcisio, de nosso Santuário. Durante a celebração, novos rapazes foram abençoados pelo Pe. Silvio, e vestiram pela primeira vez suas batinas para servir ao Cristo, juntando-se aos demais coroinhas.

Mais uma vez, a quantidade de fiéis e visitantes aumentou, comparando-se com a sexta-feira. Após a novena e a missa, o coreto recebeu um grupo de louvor e  garantiu a permanência do público na praça para louvar a Deus.

+ Notícias

Ver mais