Você está em - Palavra do Pároco

Neste trecho temos:

 

1)  João Batista é preso. Termina assim sua missão de anunciar a iminência da chegada do reinado de Deus.

 

2)  A partir deste momento começa a missão de Jesus que volta para sua terra, a Galiléia.

 

3) A primeiríssima mensagem de Jesus está em perfeita continuidade com o anuncio do Batista. Assim o tempo de espera se completa y se completa em e por Jesus.

 

4)  O primeiríssimo anuncio de Jesus é: “O tempo já se completou e o reino de Deus está próximo. Convertei-vos e crede no Evangelho”.

 

a)  “o tempo já se completou e o reino de Deus está próximo”: até agora havia a esperança; a partir de agora não há mais nada a esperar. Jesus realiza, concretiza e faz presente tudo aquilo que se esperava e que o Batista anunciara: o reinado de Deus vai começar!

 

b) Para acolher esse reinado de Deus: “convertei-vos e crede no Evangelho”. É o primeiro convite que fez (e nos faz) Jesus: conversão de coração, colocar o sentido de nossa vida em Deus, em sua Palavra, em sua vida humana, que se manifesta em Jesus, o carpinteiro, acolhendo sua Boa-Notícia. O próprio Jesus, o Filho amado do Pai, é a melhor noticia que a Galileia, Israel e mundo poderia receber.

 

5)      E nesse início de missão, Jesus chega ao mar da Galiléia, onde encontra já alguns conhecidos do discipulado de João Batista: Pedro e André, dois irmãos pescadores que estavam lançando suas redes ao mar. Jesus convida: “Segui-me e eu farei de vós pescadores de homens”. Um pouco mais adiante encontra outros dois, filhos de Zebedeu, consertando as redes com o pai, aos que faz o mesmo convite. Todos os quatro deixam tudo e seguem Jesus.

 

a) Jesus convida outros para serem “pescadores de homens”. O anúncio do Reino que é, em primeiro lugar de Jesus, vai se tornar tarefa de homens, unidos a Jesus.

 

b)  A absoluta necessidade da conversão do coração começa deixando tudo: redes, pai,  barcas, empregados, peixes...

 

c) O seguimento incondicional de Jesus. Homens, que nem nós, tantas vezes limitados, sem entendimento, pecadores e etc. Mas convidados por Jesus para segui-lo, para serem seus companheiros, discípulos, amigos. Como nós, hoje mesmo.

 

Concluindo: Hoje, a Palavra de Jesus e do Evangelho, convidam-nos:

 

1)    À Conversão, sendo assim que, todos os dias de nossas vidas podemos nos converter mais um pouco. Ou melhor dito, na medida em que somos discípulos, companheiros e amigos de Jesus, podemos ir aprofundando nesse santo espírito de conversão.

 

2)  O que há de mais importante tanto para nós quanto para nosso mundo é que o Reinado de Deus se torne um acontecimento: que cresça tanto no coração de cada homem, quanto das estruturas humanas nas que todos vivemos, para que o santo Espírito de fraternidade, de amizade e da alegria de sermos companheiros entre nós e filhos do mesmo Deus e Pai nosso e de Jesus, torne nossas esperanças e expectativas em realidade quotidiana.

 

3)   Dado que em nosso mundo atual, há uma aparência de que o reinado  da economia, com suas seqüelas de injustiça, desigualdades, ambições e mortes, fica urgente que nós, acreditemos, esperemos, realizamos, na simplicidade e na alegria da partilha, na utopia do Reino de Jesus que é vida e “Evangelho”: há uma boa noticia para todos, da parte de Deus o Pai de todos.

 

4) Todos estamos cansados de tantas “más-notícias”...!

+ Palavra do Pároco

Ver mais